21 de Outubro de 2017 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
ECONOMIA

Partes da reforma tributária serão permanentes, outras temporárias, diz Mnuchin

13 Outubro 2017 - 10h31

O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, afirmou nesta sexta-feira que alguns itens do plano republicano de reforma tributaria poderiam ser permanentes, enquanto outros devem ser apenas temporários. Em uma conferência de banqueiros internacionais, Mnuchin também afirmou esperar que o Congresso aprove a reforma e envie para o presidente Donald Trump assiná-la até dezembro, um cronograma agressivo.

"Há cortes de impostos que são absolutamente permanentes", disse Mnuchin ao ser questionado sobre se o governo tornará essas reduções permanentes. Por exemplo, a mudança para um sistema tributário territorial, que permitiria a repatriação sem impostos de lucros futuros no exterior, seria muito difícil de reverter, argumentou.

Por outro lado, a proposta atual inclui uma provisão que permitiria às empresas investir antecipadamente por pelo menos cinco anos. "É para incentivar as pessoas a investir dinheiro agora e é muito mais barato que dar a elas isso por dez anos", explicou Mnuchin.

O tamanho dos cortes tributários e a extensão para o que será permanente estarão restringidos pelas regras do Senado que limitam a capacidade dos republicanos de elevar o déficit orçamentário.

O Partido Republicano enfrenta o desafio de atingir suas metas tributárias - mais de US$ 5 trilhões em cortes de impostos ao longo de uma década - em um plano que provavelmente geraria US$ 1,5 trilhão em mais déficit ao longo de uma década e nenhum déficit adicional para além de um intervalo de dez anos. Fazer isso exigirá o corte ou ao menos a diminuição de isenções fiscais e poderia forçar os republicanos a tornar algumas dessas isenções temporárias.

Mnuchin e outros membros do governo Trump têm argumentado que o plano gerará mais crescimento econômico para compensar os custos tributários, o que deve reduzir ainda mais o déficit, algo muito improvável para alguns analistas. Fonte: Dow Jones Newswires.

SEGOV MS - CAMPANHA DOACAO DE ORGAOS
ASSEMBLEIA LEGISLATIVA  - CORTESIA