04 de julho de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Saraiva de Rezende - SR Construtora
RECEITA

Mais de 370 mil contribuintes de MS já fizeram a declaração; Campo Grande é a cidade com maior índice de declarantes

A expectativa é que 450 mil contribuintes prestem contas este ano no Estado e 33 milhões em todo o país

29 junho 2020 - 14h20Da Redação
O indivíduo que recebeu valores superiores a R$ 28.559,70 em 2019 estão entre os que devem fazer a declaração
O indivíduo que recebeu valores superiores a R$ 28.559,70 em 2019 estão entre os que devem fazer a declaração - (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Cerca de 75 mil contribuintes não entregaram a declaração à Receita Federal em Mato Grosso do Sul, até às 13h30 de hoje (29). O órgão divulgou que 375.081 já haviam declarado. A Capital é a cidade com mais declarantes, pois dos 193 mil documentos esperando, 153,5 mil já foram entregues.

A expectativa é que 450 mil contribuintes prestem contas este ano no Estado e 33 milhões em todo o país. Desse total, 27,3 milhões já encaminharam o documento, o que significa que 5,7 milhões de declarações sejam entregues entre hoje e amanhã.

O indivíduo que recebeu valores superiores a R$ 28.559,70 em 2019 estão entre os que devem fazer a declaração. Quem perder o prazo pagará multa mínima de R$ 165,74, limitada a 20% do valor do imposto devido. O contribuinte que deixar para última hora deve se atentar, pois em MS o site da declaração será interrompindo às 22h59, já que é uma hora a menos em relação com o horário de Brasília.

Delegado da Receita Federal em Campo Grande, Edson Ishikawa alerta para o risco de o contribuinte deixar para enviar a declaração nos minutos finais. “É um país inteiro acessando um mesmo sistema ao mesmo tempo. Um e outro pode ter dificuldade para transmitir o documento. O contribuinte pode fazer quantas retificadoras precisar. Por isso é importante não perder o prazo e, caso entenda que mandou com erro, basta corrigir depois”, explica.