17 de Dezembro de 2017 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
TRANSPARENCIA SEGOV - 13.12 ATÉ 21.12
ECONOMIA

Governo conta com indecisos para aprovar Previdência, diz Darcísio Perondi

6 Dezembro 2017 - 12h28

O deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS), um dos mais próximos do presidente Michel Temer, disse nesta quarta-feira, 6, que o governo quer marcar a votação da reforma da Previdência para a próxima terça e conta como favoráveis os votos de deputados que ainda se dizem indecisos. "Na reta final os indecisos fecham com a gente. Governo forte não perde votação. Nós revertemos o clima de descenso que havia na semana passada. Estávamos longe e hoje estamos mais perto de aprovar", disse o peemedebista.

Perondi explicou a divergência de números declarados pelos aliados de Temer ao fim de um café da manhã que ocorreu mais cedo no Palácio da Alvorada, em Brasília. Ele repetiu a estimativa de Beto Mansur (PRB-SP), vice-líder do governo e calculador informal de votos do Planalto, segundo quem Temer conta atualmente com 260 deputados a favor da reforma. Já o relator Arthur Lira (PPS-BA) deu números superiores: entre 290 e 310 votos. Segundo Perondi, no entanto, Lira somou os indecisos em seu cálculo.

Aliados de Temer defendem que a votação seja marcada mesmo que o governo tenha um patamar de 290 votos declaradamente a favor, abaixo do mínimo de 308 necessários para aprovar as mudanças constitucionais, o que era dado como condição por Temer para pautar a votação.

"Precisamos ter número suficiente para colocar na pauta. Hoje à noite vamos fazer uma análise de quem está a favor, quem está contra e quem está indeciso", disse Mansur. "Se tivermos um quadro forte de números, com 290 votos você acaba trazendo muito parlamentar que está na dúvida."

BANNER DENGUE - MOSQUITO - CORTESIA
DENGUE CORTESIA