16 de julho de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
HVM NEO -
ECONOMIA

Dólar abre em queda em relação ao real

15 maio 2017 - 08h42
comper

Com petróleo subindo mais de 3% no momento da abertura do mercado de câmbio no Brasil, o dólar abriu em queda em relação ao real na manhã desta segunda-feira, 15. Seguiu, assim, o comportamento da moeda americana ante todas as principais divisas emergentes desde cedo.

A commodity registra alta consistente nesta segunda depois de veiculada a notícia de que a Arábia Saudita e a Rússia propuseram estender cortes na produção até março de 2018 com o objetivo de reduzir os estoques globais.

"Isto, aliado à alta de outras commodities como o cobre, beneficia os ativos dos países emergentes. As bolsas destes países (medidas pelo índice MSCI) sobem pelo 6º dia seguido; e as suas moedas se valorizam frente ao dólar", escrevem os analistas da Guide Investimentos em boletim.

Dados fracos de inflação e vendas no varejo dos EUA, divulgados no fim da semana passada, também ajudavam a manter o dólar pressionado. Não há pressões de alta sobre a inflação, e o desempenho da atividade já não surpreende positivamente. Isso, portanto, tira pressão sobre o processo de normalização de juros do Fed, e aumentos mais intensos da taxa americana.

Às 9h32 desta segunda, o dólar norte-americano perdia 0,62% em relação ao real no mercado à vista e valia R$ 3,1055. O contrato para junho do dólar caía 0,59% aos R$ 3,1180. Nesse mesmo horário, a divisa dos EUA recuava perante todas as moedas emergentes e ligadas a commodities e também em relação ao euro. O petróleo subia 3,15% aos US$ 52,43 o barril do Brent na ICE em Londres - e avançava 3,43% aos US$ 49,48 o barril do WTI na Nymex em Nova York.

Banner Whatsapp Desktop
FORT ATACADISTA - VUON /Vinhos (interno)

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Como você pretende gastar o seu saque emergencial do FGTS?

Votar
Resultados
COMPER Delivery (interna)
ALMS
tj ms