12 de dezembro de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
 full banner da campanha da Dengue do Governo
DIVISÃO MT X MS

‘Estado de Maracajú’ completaria hoje 84 anos de criação

Esse movimento seria o embrião do atual Estado de Mato Grosso do Sul

10 julho 2016 - 07h00Helton Davis
Em sessão solene, realizada no dia 11 de julho de 1932, a sede do governo foi instalada na Loja Maçônica Oriente Maracajú localizada na Avenida. Calógeras entre a Avenida. Afonso Pena e Rua 15 de Novembro
Em sessão solene, realizada no dia 11 de julho de 1932, a sede do governo foi instalada na Loja Maçônica Oriente Maracajú localizada na Avenida. Calógeras entre a Avenida. Afonso Pena e Rua 15 de Novembro - Divulgação

O novo Estado de Maracajú foi o nome dado à criação revolucionária de um estado federativo brasileiro que existiu sem autorização da União, em 10 em julho durante as agitações da Revolução Constitucionalista de 1932, que teve fortes reflexos no Sul de Mato Grosso, causando o surgimento desta Unidade Federativa que durou 82 dias. Esse movimento seria o embrião do atual Estado de Mato Grosso do Sul. Seu nome deriva-se da serra que corta a região sudoeste do Estado.

São Paulo procurava formar uma aliança com outros estados para exigir do governo provisório de Getúlio Vargas que o Brasil voltasse ao regime constitucional. Tomando a dianteira, na esperança do apoio de outros Estados, como o Rio Grande do Sul e Minas Gerais, São Paulo deflagrou em 9 de julho o Movimento Constitucionalista, que contou com a adesão da maioria dos militares sediados no sul de Mato Grosso, bem como da maioria de  seus líderes civis.

O General Bertoldo Klinger comandava a Circunscrição Militar de Mato Grosso e suas constantes críticas ao Presidente Getúlio Vargas culminaram na sua exoneração, mas com a deflagração do movimento, ele foi escolhido para assumir o comando supremo das Forças Constitucionalistas.

O fato de existir um movimento divisionista no sul do Mato Grosso em relação ao governo de Cuiabá juntamente com a disposição dos líderes civis e militares em apoiar o movimento contra o governo provisório propiciou que fosse instalado o Estado de Maracajú, tendo como capital a cidade de Campo Grande. Em sessão solene, realizada no dia 11 de julho de 1932, a sede do governo foi instalada na Loja Maçônica Oriente Maracajú localizada na Avenida. Calógeras entre a Avenida. Afonso Pena e Rua 15 de Novembro.


O novo estado teve como governador o então ex-prefeito de Campo Grande, Vespasiano Barbosa Martins; como secretário-geral, Arlindo de Andrade Gomes; Leonel Velasco, Chefe de Polícia do Estado; e como prefeito de Campo Grande, Artur Mendes Jorge Sobrinho. 

Em virtude da derrota dos Constitucionalistas, a separação do sul do Mato Grosso com restante do estado existiu somente durante o período de 11 de julho a 2 de outubro de 1932, porém como o movimento divisionista era originário de épocas anteriores ao Movimento Constitucionalista, ele permaneceu ativo até que no dia 11 de outubro de 1977 o estado de Mato Grosso do Sul foi criado através de Decreto-Lei assinado pelo Presidente Ernesto Geisel, e implantado oficialmente em 1º de janeiro de 1979.

 

TJMS – Campanha do TJMS – SEMANA NACIONAL DA RECONCILIAÇÃO
Rubeola