18 de junho de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
- SEBRAE INSTITUCIONAL
VARIEDADES

'Deu pena de mim', diz Rafa Brites sobre consumo em excesso de grifes

A apresentadora Rafa Brites disse que precisou usar óculos para enxergar algo que estava todo dia diante dos olhos dela, dentro do guarda-roupa

14 março 2018 - 12h28
De fato, ela vai precisar usar óculos e aproveitou o momento que foi escolher o acessório para pensar mais sobre suas compras
De fato, ela vai precisar usar óculos e aproveitou o momento que foi escolher o acessório para pensar mais sobre suas compras - Foto: JC Online

A apresentadora Rafa Brites disse que precisou usar óculos para enxergar algo que estava todo dia diante dos olhos dela, dentro do guarda-roupa. Em uma publicação no Instagram, ela falou das roupas e acessórios de marca que, na verdade, eram "uma etiqueta a mais em um produto que poderia ter comprado em uma loja bacana, nacional, por um valor justo".

De fato, ela vai precisar usar óculos e aproveitou o momento que foi escolher o acessório para pensar mais sobre suas compras. "Olhando a vitrine, logo vi uma armação fofa, provei, amei, fui ver a marca: era nacional. Pedi para ver Fendi, Prada, Celine... Como assim, algo que usarei todos os dias não terá um desses selos que fazem nos sentir pessoas melhores que as outras por termos dinheiro para comprá-las?", indagou ironicamente.

No final das contas, ela optou pela marca nacional e partiu para uma análise do que já tinha comprado. "Vi aqueles sapatos de sola vermelha que dou dois passos e dói meu pé. O cinto da Gucci que roubou uma tarde em Berlim para achar. As bolsas da Hermés que deviam ser de ouro pelo preço. Deu pena de mim", declarou.

A apresentadora ainda falou sobre como as pessoas - e ela mesma - se sentem ao usar algo de grife: "como cartão de visita", para ser "bem-vinda, paparicada". Apesar de apreciar a moda como arte, Rafa disse que o consumo dela "estava longe de ser artístico".

ALMS CORTESIA
TJ MS