21 de setembro de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
HVM - INCORPORACOES
VARIEDADES

Beyoncé doará R$ 340 mil a universidades que garantem acesso da comunidade negra

Essas instituições foram criadas após a Guerra Civil Americana para garantir o acesso de negros ao ensino superior, uma vez que a maioria das universidades privadas não aceitava sua inscrição

16 abril 2018 - 16h51
Essa segregação só foi proibida após a aprovação do Ato de Direitos Civis de 1964
Essa segregação só foi proibida após a aprovação do Ato de Direitos Civis de 1964 - Foto: Jornal Hoje em Dia

Beyoncé se apresentou no festival Coachella, nos Estados Unidos, no último sábado, 14, com um show repleto de símbolos do empoderamento negro. Agora, a cantora doará cem mil dólares (cerca de R$ 340 mil) para universidades criadas para garantir o acesso da comunidade negra ao ensino superior.

A cantora, que se tornou a primeira mulher negra a ser uma das atrações principais do festival, mantém um programa de bolsas escolares e anunciou nesta segunda-feira, 16, que as universidades Xavier, Wilberforce, Tuskegee e Bethune-Cookman vão receber aproximadamente R$ 85 mil cada uma.

Essas instituições foram criadas após a Guerra Civil Americana para garantir o acesso de negros ao ensino superior, uma vez que a maioria das universidades privadas não aceitava sua inscrição. Essa segregação só foi proibida após a aprovação do Ato de Direitos Civis de 1964.

O show de Beyoncé foi marcado pelas participações de seu marido Jay-Z e da irmã Solange, citações a Malcolm X e Nina Simone e o reencontro da girl band de Beyoncé, Destinys Child.

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você já tem seus candidatos para as eleições de 2018?

Votar
Resultados
tj ms agosto
CORTESIA SEGOV HEPATICE C