20 de junho de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
- SEBRAE INSTITUCIONAL
SOJA

Jornada Técnica da Soja organizada pela Copasul reúne mais de 200 pessoas

No último dia 10 de janeiro, a Copasul realizou a 9ª edição da Jornada Técnica da Soja

12 janeiro 2018 - 10h18Da Redação
Durante o dia, os participantes puderam adquirir conhecimentos variados com palestras de grandes pesquisadores sobre manejo de plantas daninhas, solo e cenário microbiológico, além da troca de experiência
Durante o dia, os participantes puderam adquirir conhecimentos variados com palestras de grandes pesquisadores sobre manejo de plantas daninhas, solo e cenário microbiológico, além da troca de experiência - Foto: Melhor de CG

No último dia 10 de janeiro, a Copasul realizou a 9ª edição da Jornada Técnica da Soja. Mesmo com chuva, o evento teve grande sucesso, reunindo mais de 200 pessoas, entre cooperados, técnicos, colaboradores e parceiros comerciais da Cooperativa. Durante o dia, os participantes puderam adquirir conhecimentos variados com palestras de grandes pesquisadores sobre manejo de plantas daninhas, solo e cenário microbiológico, além da troca de experiência.

O evento teve início na Unidade de Difusão de Tecnologias da Copasul (UDT), em Itaquiraí, onde o corpo técnico apresentou trabalhos sobre fertilidade e cultivares. Os participantes seguiram para a Fazenda Montana, do cooperado Nestor Moreschi, onde foram realizadas as palestras. A primeira delas, foi com o especialista em solos, João Dantas, que falou sobre Manejo para alta produção. “Falamos sobre manejo de solos na parte física, química e biológica. Quando se fala em solo, temos que pensar de forma trigonométrica, como o solo é quimicamente corrigido, fisicamente adequado e biologicamente ativo”, explicou.

Após o almoço, foi realizada a palestra “Herbicidas Pré-Emergentes na Cultura da soja”, com o especialista Robinson Osipe. “Foi uma oportunidade ímpar. Fiquei surpreso com o engajamento dos produtores no evento, apesar de um dia chuvoso, nós tivemos mais de 200 pessoas. O que estamos percebendo é que o agricultor tem repetido os mesmos herbicidas e manejos e está pagando um custo muito alto. Temos, por exemplo, a buva, uma super planta daninha que não morre com três mecanismos diferentes, e isso resulta num aumento de custo para o produtor. Nós falamos de outras opções de herbicidas, é exatamente a alternância de herbicidas e métodos de controle, que vai permitir a redução de custos na propriedade”, comentou Osipe.

Durante o evento, também participaram representantes de Institutos de Pesquisa, como o IFMS – Campus Naviraí. “O Instituto sempre tem uma grata satisfação de participar dos eventos da Copasul, e pela primeira vez estivemos na Jornada da Soja, um evento muito produtivo. É importante que a universidade e o instituto esteja vinculado com os produtores rurais, fazendo essa integração. Saliento que em 2018 teremos a abertura do primeiro curso de agronomia gratuito em Naviraí e o apoio da Copasul e de produtores, foi significativo principalmente para a implantação do curso e área para a fazenda escola, esperamos que esse vínculo com a Copasul se solidifique ainda mais, beneficiando os produtores rurais e toda a comunidade”, disse o Diretor do Campus, Matheus Bornelli de Castro.

Para os cooperados, o evento superou as expectativas. “Foi uma Jornada excelente, é a 4ª vez que venho e foi a melhor de todas. As palestras foram ótimas, principalmente a do João Dantas, que pra mim foi excepcional. Foi muito bom ter vindo e aconselho que mais produtores participem. O conhecimento técnico e a troca de experiências, de ideias e soluções que cada um utiliza para os problemas, foi muito bom”, disse o cooperado Henrique Hoerelle. “Foi muito positivo, em vistas das palestras técnicas, temas relevantes para o manejo atual da soja, combate às ervas daninhas, e estruturação do solo, na parte física e química, tivemos um ótimo aproveitamento, agregando conhecimento para a propriedade”, comentou o produtor Adailton Julião. 

ALMS CORTESIA
TJ MS