13 de dezembro de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Site A Critica x Sebrae - Campanha Venda mais com Whats App
AGRONEGÓCIOS

Do pasto a aplicativos de celulares e tablets, Dinapec 2019 trará grandes novidades

Nova forrageira “Estilosante Bela”, aplicativo “Cria Certo” para dispositivos eletrônicos, e o livro “Carrapatos na Cadeia Produtiva de Bovino” estarão entre as principais novidades apresentadas na Dinapec 2019

7 dezembro 2018 - 13h30
Presidente da Famasul, Maurício Saito, na abertura da Dinapec 2019.
Presidente da Famasul, Maurício Saito, na abertura da Dinapec 2019. - Neia Maceno

Nova forrageira “Estilosante Bela”, aplicativo “Cria Certo” para dispositivos eletrônicos, e o livro “Carrapatos na Cadeia Produtiva de Bovino” estarão entre as principais novidades apresentadas na Dinâmica Agropecuária (Dinapec) 2019 . As informações sobre a programação foram anunciadas durante o lançamento oficial do evento, nesta sexta-feira (7.12), na Capital.

De acordo com o chefe-geral da Embrapa Gado de Corte, Ronney Robson Mamede, muita coisa aguarda o público-alvo do evento que, anualmente, busca conhecimentos científicos e inovações tecnológicas na área da agropecuária. “Para ter uma ideia, em 2016, a pecuária representou 31% do agronegócio, por sua vez, o carrapato pode acarretar perdas anuais na ordem de 3,2 bilhões de dólares. O Brasil é um dos mais importantes do mercado mundial da carne e possuindo ainda espaço para ampliar, logo o livro nos trará riquíssimas informações a respeito de prejuízos, doenças também formas de controle dentre outas informações relevantes como genoma, variabilidade genética e a resistência aos carrapatos”, enfatizou.

Quanto às duas outras inovações, a cultivar e o aplicativo móvel (App), que funciona nos sistemas operacionais IOS e Android, Mamede salientou os ganhos. “A Estilosante Bela é uma leguminosa que vem diversificar a oferta de forrageiras, ela pode proporcionar aumento no ganho de peso do rebanho, a produção de leite, e por ser uma leguminosa fixadora, promove a incorporação de nitrogênio do sistema solo-planta. Enquanto que o aplicativo tem como principal função auxiliar produtores e técnicos rurais na tomada de decisão relativa à reprodução animal”.

O livro Carrapatos na Cadeia Produtiva de Bovino tem como editores técnicos os pesquisadores Renato Andreotti, Marcos Valério Garcia e Wilson Coller. Mais detalhes da obra e demais novidades serão apresentadas, em fevereiro, na própria Dinapec cujo tema do próximo ano é Soluções para o Agro Sustentável.

“Temos a grata satisfação quando a gente encontra na Dinapec esse mote da sustentabilidade no ano de 2019. Sustentabilidade que o Governo do Estado vem trabalhando em todos os programas de incentivo dele, foi assim iniciado no Precoce MS e que, agora, recentemente, nós lançamos o programa Carne Orgânica e Sustentável do Pantanal, afirmou o superintendente de Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, Produção e Agricultura Familiar, da Semagro, Rogério Beretta.

Na ocasião, Beretta, que representou o governador Reinaldo Azambuja, ainda deu detalhes de ações ligadas ao Precoce MS. “Temos a certeza de que o perfil do Estado é agropecuário e nós temos que nos orgulhar disto e trabalhar para que seja ampliado de modo sustentável. No Precoce MS o tema da sustentabilidade já foi trabalho através de boas práticas agropecuárias, um programa que nós estamos levando a mais de 500 técnicos, inclusive, por meio de um programa de ensino a distância em parceria com a Embrapa”.

E todo esse pacote de ações da Dinapec casa perfeitamente com o escopo do Executivo Estadual em encontrar mecanismos viáveis, no meio rural, para a transferência de tecnologia seja o produtor grande, médio ou pequeno, conforme pontuou o diretor-presidente da Agraer, André Nogueira. “Temos uma boa parceria com a Embrapa e, na Dinapec 2019, não será diferente. Entraremos com uma cozinha-show, com unidades demonstrativas de cultivo de maracujá e limão, trabalhos sobre a bovinocultura de leite – alimentação de inverno, e de horticultura, em parceria com a CoopGrande [Cooperativa Agrícola de Campo Grande]”.

A estimativa é de que quatro mil pessoas passem pela Dinâmica Agropecuária em 2019. Entre o público-alvo estão universitários, pesquisadores, produtores rurais, extensionistas rurais e até mesmo crianças. “Faremos a terceira edição da Dinapec Kids para estreitar os laços do meio rural com as crianças e, também, buscar despertar o interesse das futuras gerações para esse nicho de estudo”, lembrou Mamede.

Para o próximo ano, a identidade visual da Dinapec vem com roupagem nova. Ela mudou, alinhada aos padrões da Embrapa, em cores e formas, facilitando a associação com a marca e identidade da própria instituição federal, que há anos tem credibilidade no cenário brasileiro e internacional.

Um repasse na ordem R$ 70 mil já foi autorizado pelo Governo do Estado para que a Semagro possa contribuir com a execução da Feira. O recurso é oriundo do Fundo para o Desenvolvimento das Culturas de Milho e Soja de Mato Grosso do Sul (Fundems).

As dinâmicas de 20 minutos, agrupadas em roteiros tecnológicos, permanecem. Sistemas integrados, manejo de pastagens e cultivares forrageiras, ovinocultura, melhoramento animal, produção de novilho precoce e agricultura familiar são assuntos confirmados, assim como, a oferta de oficinas gratuitas.

E, para quem é assíduo nas redes sociais vale lembrar que o Instagram também está no leque de novidades da Dinapec 2019. É que a Embrapa já está fazendo uso desta rede social como canal de divulgação da Feira. O perfil @dinapec_oficial foi ativado no mês de novembro, e segue com atualizações constantes. A ferramenta é mais uma linha de comunicação e interação com o público-alvo. Na pesquisa de satisfação feita, anualmente, durante a Feira, o Instagram esteve entre os aplicativos adotados por produtores rurais, técnicos e acadêmicos.

fullbanner-prestacao-contas-468x60px-cmcg-nov18
Rubeola