23 de julho de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
AGEREG
AGRICULTURA FAMILIAR

Agricultores familiares de Bandeirantes se beneficiam com entrega de patrulha mecanizada

Falando na evolução das ações voltadas à agricultura familiar a deputada anunciou que nos próximos anos deve destacar emendas para aquisição de equipamentos específicos para cada atividade nos assentamentos

16 abril 2018 - 16h44
Falando na evolução das ações voltadas à agricultura familiar a deputada anunciou que nos próximos anos deve destacar emendas para aquisição de equipamentos específicos para cada atividade nos assentamentos
Falando na evolução das ações voltadas à agricultura familiar a deputada anunciou que nos próximos anos deve destacar emendas para aquisição de equipamentos específicos para cada atividade nos assentamentos - Foto: Kelly Ventorim

Para destacar a importância da parceria do Governo do Estado com os municípios, o prefeito de Bandeirantes, Álvaro Urt, – que recebeu no sábado, das mãos do titular da Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck e da deputada federal, Tereza Cristina, máquinas e equipamentos que compõe uma patrulha mecanizada – falou do trabalho que já realiza junto aos agricultores familiares do município e o significado daquela entrega.

Prefeito Alvaro fala da parceria com o Estado

Os maquinários ajudarão no trabalho dos agricultores familiares para o preparo do solo e do plantio, além de tornar mais ágil a colheita beneficiando os produtores das associações Agroban, Agripja e Alvorada. “O Governo do Estado sempre esteve muito presente na nossa administração, apoiando, incentivando e provando que a parceria faz toda diferença para o desenvolvimento das nossas ações”, completou Álvaro, lembrando ainda da importância da destinação da emenda parlamentar por parte da deputada e de seu envolvimento nas questões relacionadas à produção.

Na presença de dezenas de agricultores familiares a Tereza Cristina falou da entrega destacando a importância da organização de um fundo pelos produtores para garantir a manutenção das máquinas e equipamentos, evitando seu sucateamento.

Falando na evolução das ações voltadas à agricultura familiar a deputada anunciou que nos próximos anos deve destacar emendas para aquisição de equipamentos específicos para cada atividade nos assentamentos. “Temos que acabar com a ideia de que agricultor familiar é sempre o pobre. Tem que acabar com isso. Agricultor familiar tem que ficar rico, e para que ele tenha oportunidade de crescer é que nós vimos trabalhando”, disse, recordando a batalha que recentemente encabeçou em Brasília (DF) para derrubada de vetos presidenciais que prejudicariam os agricultores familiares do País.

Secretário de Estado da Semagro, Jaime Verruck

Ao lembrar que o município de Bandeirantes tem mais de 400 famílias produzindo mais de 40 toneladas de produtos por mês, o secretário da Semagro destacou a importância da parceria com a bancada federal para garantir o atendimento aos pequenos produtores, complementando as ações do Governo do Estado. “Até o final deste ano queremos entregar patrulhas para todos os municípios de Mato Grosso do Sul. As 79 cidades terão o maquinário para incrementar ainda mais a produção da agricultura familiar deste Estado”.

Sobre a obrigatoriedade da outorga de uso da água para financiamento da agricultura familiar, Jaime Verruck comentou que a equipe está empenhada em rever todo o regulamento do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), para desburocratizar o acesso a essa autorização.

Margareth Dias, do assentamento Alvorada

Segundo Margareth Dias da Silva, assentada há quatro anos em quatro hectares no assentamento Alvorada, o equipamento fará grande diferença na vida das famílias e vem como um presente. “Não tinha isso antes, então, era mais difícil. Eu agradeço muito porque se eles não ajudassem a gente, quem ia ajudar né? Eu tô muito feliz”.

Participaram da entrega o diretor-presidente da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer), André Borges; o coordenador local, Alfeu; a coordenadora de Agricultura Familiar da Semagro, Ariani Monaly Monteiro; o ex-coordenador da Ceasa/MS, Francisco Pacca – que agora faz parte da equipe da Superintendência de Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, Produção e Agricultura Familiar da Semagro.

Agricultura Familiar

Dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) mostram que o desenvolvimento da agricultura familiar no Brasil está ligado, principalmente, à possibilidade de o agricultor conseguir aumentar a produtividade, ter acesso a canais de comercialização e a financiamentos que possam permitir investimentos na propriedade.

Segundo o último Censo Agropecuário realizado pelo IBGE – que está formulando nova coleta de dados este ano – a agricultura familiar constitui a base econômica de 90% dos municípios brasileiros com até 20 mil habitantes; responde por 35% do produto interno bruto nacional e absorve 40% da população economicamente ativa do País. O segmento ainda é responsável por cerca de 80% dos alimentos produzidos no mundo, sendo responsável pela maioria da comida que chega à mesa dos brasileiros.

 

João Bosco e Banda