24 de fevereiro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
COTOLENGO
Viviane Feitosa

Blog A

Especialista orienta como usar o Living Coral, a cor de 2019 segundo a Pantone

7 dezembro 2018 - 17h03Por Viviane Feitosa

Em 2019, o Living Coral dará o tom dos acontecimentos, segundo a empresa americana.

A designer de interiores Beatriz Veronezi Maia é uma adepta das cores em seus projetos e contou abaixo um pouco sobre a eleita da Pantone para 2019.

 

Você já usou a cor escolhida pela Pantone em projetos pessoais ou de trabalho?

Sim, usei em uma cozinha e copa integradas. Foram pintadas todas as paredes de Living Coral, que em contraste com o piso branco e preto, deram ao projeto bastante personalidade e ao mesmo tempo uma identidade clássica, porém nada óbvia. E o mais importante, agradou muito os moradores, que mantêm a cor há 8 anos.

 

Qual a sua relação com cor nos projetos ?

Simplesmente amo compor cores. Mas para usá-las com precisão é necessário muita pesquisa. Principalmente levar em consideração que as cores provocam distintas experiências no usuário, impactando diretamente seu humor. Então, usar bem as cores vai além delas estarem em harmonia. 

 

Uma cor Coringa e uma cor que acha difícil trabalhar: uma cor coringa pra mim é o verde e não encontro uma cor que ache difícil trabalhar.

 

O coral living é a cor de 2019, segundo a Pantone. Dê uma sugestão pra quem tem medo mas quer usar a cor na sua casa ou negócio: O Living Coral é uma cor quente, que dá aconchego aos ambientes. Um jeito fácil de usar eu diria que é em tecidos. Há estampas lindíssimas nesse tom.

 

Uma mistura de cor que sempre dá certo:Mix de cores complementares sempre funciona. Por exemplo: coral com azuis ou verdes acinzentados. Enquanto uma cor acende e brilha a complementar suaviza.

 

 

Existe cor certa para sofás e tapetes?

Na decoração, o uso das cores é livre, depende do processo criativo de cada um na hora de desenvolver um projeto de decoração. O importante mesmo é que o resultado reflita a personalidade de quem vai usar. E vale lembrar que os tapetes estão assumindo cada vez mais o papel de protagonista nos projetos.

 

 

Deixe seu Comentário

Maestro João Carlos
PMCG